Como retomar a vida amorosa com um filho pequeno

Publicado em Minha Vida, 09.12.19
Por: Redação

Couple Kissing Baby While Carry

A correria e a prioridade em relação aos cuidados com a criança podem afetar o relacionamento, mas é possível dar a volta por cima

Mesmo que não seja o primeiro filho do casal, a chegada de um bebê na composição de uma família muda completamente a rotina. E modifica também o comportamento da mulher, que passa por uma série de alterações hormonais e acaba não tendo interesse em relacionamento afetivo ou sexual por um tempo.

“A natureza é sábia e faz os hormônios – ocitocina, o hormônio do vínculo; e dopamina, o hormônio do prazer não relacionado a desejo sexual – e a energia da mulher ficarem voltados para o bebê, porque ele precisa de cuidados. Fisicamente, ela é muito exigida. É ótimo para o bebê, mas coloca o relacionamento de lado temporariamente”, afirma a psicóloga e terapeuta de casal e familiar Marina Vasconcellos.

Débora Pádua, sexóloga e fisioterapeuta pélvica, acrescenta a esse “coquetel hormonal” a presença da prolactina, acionada para a produção de leite e que tem como efeito colateral a diminuição da excitação e da lubrificação da mulher. “A produção de leite e as noites mal dormidas para cuidar do bebê, que acorda várias vezes, deixam a mulher exausta. Ela não fica muito disponível para o parceiro ou para o sexo”, diz.

Isso, observa a especialista, “pode causar atrito entre o casal, pois o homem não tem alterações hormonais e a vida dele, por mais que ajude a mulher, continua muito parecida com como era antes do nascimento; ela tem o componente físico, e ele não.”

Mas não é regra que a causa do esfriamento do relacionamento amoroso-sexual seja sempre a entrega da mãe aos cuidados com o filho. Um componente relevante nesse cenário é a importância que o próprio casal, como time, dá ao que está acontecendo. É o que conta Oswaldo M. Rodrigues Jr., psicólogo especialista em sexualidade: “Muitos casais buscam engravidar. Se o projeto era ter um filho e conseguiram, o sexo deixa de ser importante para o casal. E também precisamos considerar que, com a vinda do filho, ambos terão muito mais o que fazer do que preparar o ambiente para o sexo.”

Dicas para reconstruir a conexão entre o casal depois da chegada do filho

Independentemente dos motivos que levaram a um distanciamento entre o casal, é importante ter em mente que isso é temporário, passageiro, e em alguns meses – no máximo um ano, o primeiro ano de vida do bebê – tudo pode voltar ao normal. E os dois podem e devem tomar atitudes para construir novamente uma conexão emocional e física-sexual.

Com a ajuda dos especialistas consultados para esta matéria, trazemos aqui seis dicas para facilitar a aproximação dos dois. Confira!

Sair em um encontro romântico

Depois de um período de dedicação total ao bebê, uma boa ideia é que o casal saia em um encontro romântico, como nos tempos de namorados ou de antes do nascimento do filho: cinema, jantar, umas horas em um motel com direito a quarto decorado. Para que isso seja possível, parentes ou amigos podem ser acionados para cuidar do bebê por algumas horas.

Ter cuidado com a saúde íntima da mulher

Por causa dos hormônios mencionados anteriormente, é possível que a mulher não tenha lubrificação suficiente nas primeiras relações sexuais. Para que as penetrações não causem dor e não acabem minando a possibilidade de futuras transas, é indispensável o uso de um lubrificante à base d’água nas primeiras vezes.

Reservar momentos para conversas em casa

Colocar o bebê para dormir, jantar em casal e conversar sobre a vida e as coisas que têm chamado a atenção são ótimas atitudes para reaproximar o casal – nem sempre é preciso ter sexo envolvido. Uma conversa de adultos sobre assuntos que não envolvam a criança é um ótimo lembrete das razões pelas quais essas duas pessoas formam uma dupla tão boa!

Comente, debata, entre em contato

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s