Timidez não é o mesmo que introversão, entenda melhor a diferença

Publicado em  UOL/VivaBem, 04.10.19
Por: Diego Garcia

iStock

Muita gente acha que timidez é sinônimo de introversão, afinal pessoas tímidas e introvertidas possuem comportamentos semelhantes. Mas, isso é um equívoco. Timidez é um sentimento de mal-estar e inadequação no contato com outras pessoas. Já, a introversão é uma característica de personalidade relacionada com a forma da pessoa se relacionar com o meio a sua volta.

Embora tanto o tímido quanto o introvertido tenham dificuldades no contato com outras pessoas, existem diferenças bem nítidas que distinguem um e outro. A timidez envolve o medo de julgamento das pessoas o tempo todo, em especial em situações sociais onde o timído esteja com estranhos: fica angustiado, nervoso e ansioso, acha que está sendo observado e julgado em suas ações e ideias.

Já o indivíduo introvertido apenas prefere estar em ambientes calmos, pois sente-se melhor assim. Coisas que faça sozinho, como ler, ouvir música, ter alguma atividade reflexiva, enfim, tudo que seja tranquilo e não exija a presença de muitas pessoas, é o que ele prefere. Alimenta-se mais de lembranças e pensamentos de seu mundo interior do que do exterior.

Introvertidos x extrovertidos

Carl Jung, psiquiatra suíço, definiu os critérios para o que ele chamou de perfil de personalidade introvertido e extrovertido, explica Tatiana Mourão, professora da Faculdade de Medicina da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Atualmente considera-se que existe um espectro de personalidade humana que vai desde o máximo da introversão até o máximo da extroversão.

Enquanto os extrovertidos encontram sua energia nos contatos sociais, o introvertido sente-se sugado com o excesso de pessoas e necessita de um período de repouso, por exemplo, após um dia de trabalho com diversas interações sociais. “Isso pode gerar conflito, pois enquanto o extrovertido, após um período de trabalho, ainda deseja sair para ‘recarregar’ suas energias através do contato social”, explica.

Timidez

A timidez é um sentimento de mal-estar e inadequação no contato com outras pessoas. De acordo com Mourão, a timidez pode ser uma característica de pessoas com autoestima diminuída. “Muitas vezes a grande dificuldade de contato com outras pessoas, sensação de poder ser humilhado publicamente e o mal-estar contínuo do contato social podem atingir uma quantidade de sintomas que poderiam caracterizar um transtorno psiquiátrico definido como Fobia Social”, analisa.

Diferenças no cérebro

Mourão afirma que estudos recentes mostram a existência de diferenças cerebrais entre o indivíduo introvertido e o indivíduo extrovertido. Adicionalmente, complementa a professora, os introvertidos mostram um aumento na atividade neuronal em regiões associadas com o aprendizado, motricidade e controle da vigilância. Estudos de neuroimagem também mostram diferenças: áreas cerebrais diferentes encontram-se associadas com a extroversão e a introversão.

Habilidade para lidar com pessoas

“Não significa de forma alguma que o introvertido tem inabilidade para lidar com as pessoas, ele se exaure durante o excesso de contato social”, analisa Mourão. Ela diz que existem estatísticas interessantes que mostram como esses traços podem influenciar até escolhas na carreira. Por exemplo, os advogados trabalhistas costumam possuir mais traços dentro do espectro da extroversão, enquanto os advogados tributaristas possuem maiores características de personalidade introvertida.

A psicóloga Marina Vasconcellos esclarece que tanto introvertidos quanto extrovertidos podem não ter habilidade para lidar com pessoas. “Há introvertidos que se passam por extrovertidos quando solicitados numa situação de interação onde não possam evitar, pois sabem muito bem lidar com as pessoas: apenas preferem relacionar-se com poucos”, complementa.

Por sua vez, os tímidos têm dificuldade no contato social. Para a psicóloga, tímidos são mais prejudicados na interação social por sentirem-se julgados e, a angústia que provém disso lhes traz sofrimento. Mourão complementa: “No meio acadêmico existem estudos que sugerem que algumas pessoas com traços introspectivos podem, também, ter timidez; entretanto não se trata de uma relação necessária”.

Comente, debata, entre em contato

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s