Importância da atividade física para a manutenção do emocional

Woman With White Sunvisor Running

Quando alguém que não pratica exercícios regularmente e vê uma pessoa acordando cedo diariamente para fazê-lo, não entende como é possível e admira tal força de vontade. Como assim, em pleno inverno levantar cedo, sair daquela cama quentinha e se encapotar todo pra correr no frio do parque, por exemplo? Ah, não, melhor dormir mais e deixar isso pra lá!

Pois é, o incrível é que quando você incorpora essa prática em sua vida, se for impedido de fazer é como se lhe tirassem algo importante e um incômodo se instala. Aquela endorfina liberada nos exercícios não é produzida e seu humor sente quase que imediatamente.

Atividade física e emocional

Um atleta — mesmo que amador — impedido de treinar por motivos de saúde, por exemplo, tem que lidar com a frustração da inatividade. Recuperar-se de uma gripe, uma contusão ou um acidente qualquer requer doses cavalares de paciência, força e aceitação do momento atual. De repente, parece que os problemas adquirem uma proporção maior do que o normal e a sensação de bem estar antes frequente vai diminuindo aos poucos.

Percebo isso na pele, já que sou corredora amadora há sete anos. É incrível constatar os benefícios que a corrida me trouxe nesses anos todos, tanto física quanto emocionalmente. Meu corpo se remodelou, minha resistência e autoestima melhorou, peguei pódio em várias corridas de montanha (o que nem imaginava conseguir, já que comecei a correr aos 45 anos…), viajei para provas em lugares lindos e passei momentos deliciosos na companhia de corredores alegres e divertidos.

Em especial destaco o fortalecimento do meu estado de espírito em geral, pois incluí a gratidão em minha vida — corro agradecendo por estar ali naquele momento, ter saúde, ouvir os pássaros (corro no parque), admirar as árvores e cada flor que cresce e por estar com pessoas que cuidam da saúde como eu — participo de uma assessoria de corrida. Aquele passou a ser meu momento de meditação, quando estou comigo mesma pensando nas coisas que tenho que resolver, encontrando soluções e bolando estratégias para lidar com os problemas.

 

Liberação de substâncias do bem-estar

Fui obrigada a parar de correr por um tempo para tratar de dores no tornozelo, e de quebra, peguei uma gripe que me deixou de cama por três dias. Sem meus habituais exercícios matinais há quase dez dias, percebi de repente como meu humor se alterou, meu corpo reclamou e um desânimo geral se instalou. Fui perdendo a vontade de fazer coisas que antes fazia sem pestanejar, como ir ao cinema num sábado à tarde, por exemplo, dando a desculpa da “preguiça”…

Constatei na prática o que já sabia em teoria. Portanto, reforço aqui a importância da prática regular de exercícios físicos para a manutenção da saúde como um todo, tanto física quanto emocional. A liberação de endorfina e dopamina no nosso corpo tem um efeito real de bem estar, nos ajudando a lidar de maneira muito mais leve, positiva e assertiva com os problemas cotidianos, além de auxiliar — e muito — no tratamento de inúmeras doenças, como depressão e ansiedade.

Então, o que está esperando? “Bora” correr!!

Comente, debata, entre em contato

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s